A Tudo, Dai Graças!

agradecer

Dias atrás fiquei sabendo de um acidente de trânsito horrível que aconteceu com uma pessoa de quem eu gosto muito. Ao ouvir o comentário dela sobre o ocorrido e como foi sua reação ao fato, tive muita vontade de dedicá-la este texto. Certamente ela teria inúmeros motivos para reclamar e se aborrecer pelo acontecido. O acidente fora grave e além dos aborrecimentos que isso já provoca, ela teve grandes prejuízos financeiros e até emocionais, mas que em nenhum momento foram suficientes para abalar a sua convicção de que tudo poderia ter sido pior. Então, sabiamente, ela optou por agradecer a Deus por ter lhe dado a chance de sobreviver, em vez de reclamar do motorista que provocou o desastre ou esbravejar pelo que lhe aconteceu. Infelizmente essa não é a maneira mais comum de nos reagirmos quando julgamos que algo deu errado. Nós seres humanos temos o péssimo hábito de reclamarmos de quase tudo. Por melhor que as coisas estejam, sempre encontraremos motivos para protestos e reivindicamos que tudo aconteça de outra maneira. Certamente tal comportamento não é da natureza humana, diferentemente do que muitos dizem, mas o fato é que com o passar do tempo acabamos adquirindo e cada vez mais vamos nos aperfeiçoando em sermos pessoas insatisfeitas. Tudo bem que devemos lutar para modificarmos uma situação indesejada, porém gastamos tempo e, principalmente energia questionando as “imperfeições” da vida, mas raríssimas vezes nos lembramos de agradecer pela infinidade de coisas boas que nos acontecem. Seria bem mais interessante se desenvolvêssemos uma forma diferente de enxergarmos a vida. Talvez sofrêssemos menos se em vez de nos aborrecermos tanto com reclamações e lamentos, tentássemos ver as coisas de maneira mais positiva. Se refletirmos sobre tudo que acontece em nossas vidas certamente encontraremos mais motivos para agradecer do que para reclamar. Assim, se o dia não foi exatamente do jeito que planejou ou desejou que fosse, não basta se lamentar… Dai graças!!! Uma das coisas mais certas na vida é que amanhã o sol nascerá novamente. Então, em vez de lamentar o dia que passou ou como as coisas estão acontecendo em nossas vidas, podemos agradecer pelo novo dia que virá pois junto com ele, novas possibilidades surgirão. Cada dia que nasce é um presente de Deus. É como se ele te dissesse: Faça tudo que não foi possível fazer ontem… Estou te dando mais uma chance pra fazer o que você quiser, pois além de te dar um novo dia estou te dando o livre arbítrio. Faça de maneira diferente hoje, se você não está satisfeito com o resultado alcançado até agora. Também em outras situações preferimos reclamar, quando na verdade deveríamos agradecer. Reclamamos do emprego, quando deveríamos agradecer por tirarmos dele o sustento de nossa família. Reclamamos da casa onde moramos quando seria melhor agradecermos por termos um lar. Reclamamos dos nossos pais e irmãos e não agradecemos a dádiva de se ter uma família. Reclamamos do comportamento dos filhos sem nos lembrarmos de que eles são presentes enviados para iluminar nossas vidas e nem percebemos que, às vezes seus atos refletem nossas próprias ações. Reclamamos das atitudes dos amigos e colegas e nos esquecemos que sem eles viveríamos em absoluta solidão e que com eles vivemos grandes momentos da vida. Não quero dizer que devemos nos transformar em pessoas acomodadas e que aceitam tudo de maneira passiva. O que defendo é que devemos, antes de reclamar, tentar refletir se de fato, não há um propósito diferente naquilo que estamos questionando. Trata-se de um exercício simples e que pode nos transformar em pessoas melhores e mais prósperas. Devemos agradecer, inclusive, à possibilidade de podermos escolher entre reclamarmos ou agradecermos… A TUDO, DAI GRAÇAS!

Anúncios