Cante Como Se Fosse Um Pássaro

Passarim

Dia de descanso, nada de correria ou preocupação. Nada de muito “importante” na ordem do dia. Momento propício para contemplarmos coisas que, normalmente nos passam despercebidas no nosso cotidiano. São as ocasiões que nos proporcionam uma boa meditação e um olhar diferenciado sobre coisas aparentemente fúteis e sem importância. Entrego-me por inteiro ao ócio e inesperadamente sou arrebatado por uma revoada de pássaros que como se fora um prêmio, repousaram justamente na árvore sobre a qual eu meditava. Coloco-me a observar os hábitos e comportamentos desses pequenos seres. Incrível como para algumas pessoas eles sejam tão insignificantes, pois observando-os atentamente, nota-se facilmente uma beleza e graciosidade quase incontestáveis. Impossível não vir à mente uma breve conversa que tivera alguns dias antes com uma amiga. No meio da conversa em que falávamos de assuntos aleatórios, essa amiga havia me confessado seu sonho em ser um pássaro. Segundo ela, as coisas vistas lá do alto era algo fascinante e queria muito ter esse privilégio. De fato, não há como negar, o mundo visto lá do alto é algo fantástico e bastante encantador. Naquele momento nada mais me importava… Somente os pássaros. Nada mais ao redor me chamava à atenção. Além deles, somente eu e meus pensamentos. Mas o mais interessante é que ao mesmo tempo em que eu estava ali, não sei se de propósito ou contrário à minha vontade,  meus pensamentos “voaram” até essa amiga. Não pensava em nada, mas ao mesmo tempo,  ainda que por um breve instante, e como se fosse um pássaro, me transportei para outro local, onde se encontrava minha amiga. Ao trazer-me de volta, meus pensamentos me deixaram novamente ali, sozinho com os pássaros que, sem que eu percebesse, haviam iniciado uma bela cantoria. Como era lindo o cantar daqueles pássaros… Justamente naquele momento tive a consciência de que, mais que o poder de voar, eles exerciam com maestria e perfeição quase divinal, o dom de cantar.  Cantavam e cantavam despretensiosamente. Pareciam não se importar com algumas árvores cortadas e amontoadas ao lado, o que possivelmente lhes afetariam negativamente a oferta de abrigo, o clima ou a disponibilidade de alimentos… Eles apenas cantavam, numa felicidade quase inexplicável. Naquele dia aprendi uma bela lição que compartilho com minha amiga. Às vezes, sentimos inveja dos outros por algo que eles têm e nós não temos, ou achamos que não temos. Acontece que quando olhamos muito para o que os outros têm ou deixam de ter, deixamos de olhar para nós mesmos e não valorizamos tudo que temos ou que somos capazes de fazer… Não valorizamos todos os nossos dons… Todas as nossas possibilidades. Da mesma maneira, se não podemos voar como os pássaros, não nos lamentemos. Voemos à nossa maneira. Mas a exemplo dos pássaros, devemos exercer nossos dons mais divinos. Então, se não pode fazer tudo que quer, faça da melhor maneira possível,  tudo que pode fazer. Se não pode abrir as asas e voar, abra sua mente e deixe voar sua imaginação. Solte-se e enxergue em você mesmo todos os seus poderes e possibilidades. E se não pode voar como um pássaro… CANTE COMO SE FOSSE UM PÁSSARO.  Exerça o poder de afastar de você todas as energias negativas e viva mais feliz. Mesmo que o mundo tente a todo o momento, te convencer de que você não é capaz, você sempre pode fazer mais e melhor. É somente uma questão de acreditar no seu potencial.

Anúncios

Para Todas as Mulheres do Mundo

mulheres

Na verdade, a intenção era escrever uma mensagem bonita para as mulheres. Acontece que esse lance de escrever nunca acontece na hora em que queremos. Na arte da escrita as palavras precisam surgir naturalmente, combinando-se umas com as outras até se transformarem em uma mensagem agradável. No caso específico deste texto, além de agradável, a mensagem teria que ser bela o suficiente a ponto de ser digna de ser dedicada ao ser mais fantástico que Deus criou. Por um instante lamentei por não ter tido a idéia de escrever antes que chegasse o dia dedicado às mulheres. Deveria ter escrito e guardado para tornar público hoje, como um trunfo que escondemos e revelamos somente no momento da cartada final. Mas imaginei que a inspiração não me faltaria e optei por escrever somente hoje. De fato, fontes de inspiração não me faltaram. Tantas são as mulheres maravilhosas com as quais convivo. Mulheres dedicadas às tarefas de mães, de esposas, de filhas, de profissionais… Mulheres batalhadoras, guerreiras, amigas… Mulheres que nunca  acreditaram naquela história de sexo frágil. As que eu conheço são fortes, ainda que sensíveis… Superpoderosas, ainda que alguns tolos as julguem submissas… Superdedicadas, ainda que sobrecarregadas… Generosas e sempre disponíveis,  ainda que por várias vezes exploradas… Enfim, mesmo com tantas musas inspiradoras, as tão desejadas belas palavras não me vieram à mente e minha tarefa já havia sido dada como fracassada. Pensei então na figura da minha mãe. Heroína como ela jamais vi. Fora mãe de doze filhos e nunca deixou quaisquer deles desamparados. Jamais mediu esforços para atender aos caprichos de cada um dos membros da prole… Não me lembro, ao longo de todos esses anos, de qualquer situação que pudesse macular sua trajetória como esposa ou como mãe. Mulher fisicamente frágil, mas ao mesmo tempo, a pessoa mais forte do mundo. Sua abnegação a faz incapaz de colocar seus próprios interesses acima dos interesses dos outros. Não vou me prolongar muito a falar dela, porque o texto se transformaria em uma homenagem à minha mãe apenas, e o propósito não seria esse. Também não quis deixar de mencionar a MINHA MÃE no texto em homenagem a TODAS AS MULHERES, porque acredito que TODOS NÓS HOMENS deveríamos tratar todas as mulheres como gostaríamos que tratassem nossas respectivas mães. Talvez assim, daríamos a TODAS AS MULHERES, o carinho, o respeito e atenção que elas merecem. Enfim, mesmo que não tenha conseguido registrar um belo texto em homenagem às mulheres, deixo aqui uma dica valiosa de como se deve tratar uma mulher.